Publicado em: 03/08/2021

A CoronaVac e medicamentos: posso tomar remédio antes ou após a imunização?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a interação entre medicamentos em geral e a CoronaVac, vacina do Butantan contra a Covid-19 produzida em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Boa parte das questões se referem a quanto tempo é preciso esperar, após tomar a vacina, para fazer uso de algum remédio – seja ele de uso contínuo, ou para combater um sintoma específico.

Se você tem dúvidas sobre esse assunto, confira as recomendações da área de Farmacovigilância do Butantan, que monitora e acompanha a ocorrência de eventos adversos e outros desdobramentos relacionados ao uso das vacinas ou soros disponibilizados na rede pública de saúde.

 

Posso tomar um analgésico, anti-inflamatório ou antibiótico antes ou depois de tomar a vacina? Posso tomar meu remédio de uso contínuo antes ou depois de receber a vacina?

Na maioria dos casos, pode. Analgésicos comuns, daqueles que são comprados sem receita médica (dipirona, paracetamol e outros anti-inflamatórios não esteroidais) podem ser usados porque não interferem com a vacinação. Também não há contraindicação para o uso de qualquer antibiótico ou antiviral antes ou após a aplicação da CoronaVac. Quanto aos medicamentos de uso contínuo, não é preciso interromper a administração, a não ser sob orientação médica.

O único cuidado é evitar o uso de corticosteroides sem orientação médica. Esse tipo de medicação pode interferir na resposta à vacina. Mas quem toma esse tipo de medicamento diariamente devido a alguma comorbidade não deve interromper seu uso.

 

E se eu estiver com febre, posso tomar a vacina?

Se estiver com febre ou com alguma doença aguda (aquelas que evoluem rapidamente, como as infecções por vírus e bactérias), espere um pouco para receber a vacina. Dessa forma, os sintomas da doença não serão confundidos com possíveis eventos adversos da vacina.

 

Se ainda tiver dúvidas, consulte seu médico. Se puder tomar a vacina, complete o esquema vacinal com as duas doses (no caso da CoronaVac). A vacinação contra a Covid-19 é nossa melhor alternativa para combater a pandemia e salvar vidas.