Quem deve ditar o rumo do combate à pandemia é a ciência, afirma doutor em pneumologia


Publicado em: 09/12/2021

Muito se discute sobre quais são as estratégias mais eficientes contra a Covid-19: o melhor tratamento, a melhor vacina ou a melhor medida de proteção individual. Para o diretor geral do Hospital Estadual de Serrana, Marcos Borges, essas questões só podem ser respondidas por meio de pesquisas científicas sólidas e bem estruturadas.  E foi com estudos desse porte que a CoronaVac, vacina do Butantan e da Sinovac, teve o seu impacto comprovado por meio do Projeto S, realizado justamente em Serrana.

“Um evento científico que irá focar em um único aspecto, em uma só vacina, é fundamental para entender qual é a real efetividade desse imunizante no controle da pandemia. Precisamos focar na parte científica”, afirma Marcos.

Durante o CoronaVac Symposium, que acontece entre os dias 7, 8 e 9/12, Marcos irá falar sobre o Projeto S e as conclusões do estudo inédito de efetividade. Também participarão do evento pesquisadores brasileiros e dos Estados Unidos, Turquia, Chile, China e Espanha. Online e gratuito, o evento será realizado pelo Butantan e pela Sinovac.

Acesse o vídeo no Youtube

Veja este e outros vídeos em nossa playlist

Visite o site do CoronaVac Symposium

Inscreva-se para participar do evento