Butantan retoma envios de CoronaVac ao governo federal com mais 1 milhão de doses


Publicado em: 14/07/2021

Nesta quarta (14) e quinta (15), o Butantan retoma as entregas da CoronaVac, vacina do Butantan e da farmacêutica chinesa Sinovac contra a Covid-19, ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde. O carregamento foi dividido em duas partes: 800 mil doses enviadas na quarta, e mais 200 mil doses na quinta.

Com os carregamentos desta quarta e quinta, que correspondem a vacinas produzidas com os 6 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo recebidos da China em 26/6, o instituto alcança a marca de 54,149 milhões de doses entregues ao PNI desde janeiro.

Acompanharam a saída dos caminhões contendo os imunizantes o governador de São Paulo, João Doria, o secretário estadual de saúde, Jean Gorinchteyn, a coordenadora geral do Programa Estadual de Imunização, Regiane Cardoso de Paula, e o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas.

 

Vacina única

Na coletiva de imprensa realizada durante o evento de quarta, Dimas Covas comentou sobre a vacina única que o Butantan está estudando contra a Covid-19 e a influenza (gripe). De acordo com o presidente do instituto, a pesquisa ainda está nas etapas iniciais e, se o imunizante se provar realizável, incluirá quatro vírus inativados: três da influenza e o SARS-CoV-2.

“Isso está em desenvolvimento nesse momento, ainda em pesquisa. Mas nós pretendemos fazer essa avaliação. O futuro é esse mesmo, uma vacina tetravalente já com a vacina para o Covid”, explicou Dimas.