Instituto Butantan faz 120 anos: Uma história a serviço da vida no Brasil e no mundo
Publicado em: 15/01/2021

No ano de 1899, um surto de peste bubônica, que se propagava a partir do porto de Santos (SP), levou a administração pública estadual a criar um laboratório de produção de soro para combater a doença. Instalado na então Fazenda Butantan, na zona oeste do município de São Paulo. Dirigido pelo médico cientista Vital Brazil Mineiro da Campanha e então chamado Instituto Serumtherápico, o laboratório foi o embrião do Instituto Butantan, que em 23 de fevereiro de 2021 completa 120 anos de existência.

O Butantan é hoje um destacado centro de pesquisa biomédica, que integra pesquisas científicas e tecnológicas, produção de imunobiológicos e divulgação técnico-científica, buscando a permanente atualização e integração de seus recursos e, com isso, a inovação.

Referência nacional, o Instituto Butantan é o principal produtor de imunobiológicos do Brasil. É responsável por grande porcentagem da produção de soros hiperimunes e grande volume da produção nacional dos antígenos vacinais que compõem as vacinas utilizadas no Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

Hoje, os laboratórios e fábricas do Butantan produzem 12 soros (contra o envenenamento por diversas espécies de cobras, escorpiões, aranhas e lagartas, e contra difteria, tétano, botulismo e raiva) e sete vacinas (contra raiva, HPV, Hepatite A, Hepatite B, Influenza Trivalente, H1N1 e DTPa).

Em 2021, os 120 anos de experiência e tradição do Butantan estão sendo aplicados no desafio de produzir a vacina do Brasil contra a Covid-19. Ao longo de todo este ano, o Instituto promoverá ações para celebrar a data, especialmente aqui no site.

Fique atento e celebre com o Butantan essa data tão importante!