Depois de Aparecida e Santos, Lab Móvel do Butantan sequencia variantes do SARS-CoV-2 em Piracicaba
Publicado em: 21/09/2021

O município de Piracicaba, no interior de São Paulo, é a terceira parada do Lab Móvel, laboratório itinerante do Instituto Butantan capaz de realizar até 600 exames diagnósticos RT-PCR por dia e fazer o sequenciamento genômico das amostras que derem positivo. O contêiner desembarcou na cidade nesta segunda (20) e deve permanecer por mais duas semanas. Desde o início de agosto, o Lab Móvel já esteve em Aparecida, no Vale do Paraíba, e em Santos, na Baixada Santista.

“Nós temos a expectativa de avaliar qual é o percentual de positividade em Piracicaba e, depois, na totalidade do sequenciamento, quais são as principais variantes encontradas na cidade”, explica a diretora do Centro de Desenvolvimento Científico do Butantan, Sandra Coccuzzo Sampaio. “É o Butantan a serviço da vida com o Lab Móvel em mais uma cidade do estado de São Paulo.”

 

Entre os motivadores para a escolha de Piracicaba estão a localização do município e o alto nível de positividade para a Covid-19 apresentado pela Departamento Regional de Saúde (que engloba Piracicaba e região) nas últimas semanas, conforme o mais recente Boletim Epidemiológico da Rede de Alerta das Variantes do SARS-CoV-2, coordenada pelo Butantan.

“É uma cidade que estava com 19% dos casos positivos e isso nos fez tomar a decisão de trazer o Lab Móvel justamente para incentivar o aumento da coleta. Diferente do que a rede faz, que é um percentual, aqui 100% das amostras positivas serão sequenciadas. Vamos ter um panorama, um mapeamento das variantes muito mais acentuado”, afirma Sandra.

O laboratório itinerante tem a capacidade de processar até 3 mil amostras por semana, e realizar o sequenciamento genômico de todas as que derem positivo para Covid-19. Além de Piracicaba, os municípios de Águas de São Pedro, São Pedro, Rio Claro, Cordeirópolis e Pirassununga encaminharão os exames coletados em suas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ao laboratório itinerante.

 

O diagnóstico sai em 24h, contadas a partir do momento que as amostras chegam ao contêiner, enquanto o sequenciamento leva de três a seis dias. Todo o processo entre a testagem de amostras e a análise das variantes dura de dez a 12 dias.

O Lab Móvel, que em Piracicaba permanecerá estacionado na Praça José Bonifácio, em frente à Catedral da cidade, é equipado com alta tecnologia. Possui três sequenciadores genéticos, extrator de DNA, centrífuga, seladora, geladeira e freezer para armazenamento de amostras, entre outros. O investimento total foi de R$ 3 milhões. “A iniciativa permite que as pessoas vejam os equipamentos e cientistas em ação, aproximando ainda mais a ciência da população brasileira”, conta o CEO da Loccus, parceira do Butantan no projeto, Eduardo Araújo.

Saiba mais: Lab Móvel do Butantan: resultados de exames de Covid-19 mais rápidos e sequenciamento genômico no interior de SP