Butantan oferece 30 milhões de doses da CoronaVac para o Ministério da Saúde

Vacina do Butantan e da Sinovac vai reforçar a aceleração da imunização infantojuvenil contra Covid-19 em todo o país


Publicado em: 02/02/2022

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, informou nesta quarta (2) que o instituto disponibilizou ao Ministério da Saúde 30 milhões de doses da CoronaVac para a imunização infantil e aguarda retorno da pasta para um possível envio dos imunizantes. Segundo Dimas, o oferecimento foi feito por meio de dois ofícios, um que ofereceu primeiramente 7 milhões de doses e o outro, atualizado, que ofereceu a entrega imediata de 10 milhões de doses e mais um lote de 20 milhões de doses em 20 dias. 

O primeiro ofício foi encaminhado logo após a aprovação do uso pediátrico do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), realizado em 20/1, que autorizou o uso emergencial da vacina do Butantan e da Sinovac em crianças e adolescentes de seis a 17 anos. 

“Semana passada já tínhamos encaminhado um oficio disponibilizando 7 milhões de doses e, na tarde de ontem, disponibilizamos para a entrega imediata 10 milhões de doses. Estamos aptos para embarcar essas doses tão logo o Ministério da Saúde se manifeste”, disse Dimas durante coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

O presidente do instituto afirmou também que a instituição está preparada para entregas maiores de doses e que, para isso, aguarda somente o interesse de compra do Ministério da Saúde.

“No mesmo oficio, oferecemos um adicional de 20 milhões de doses que poderão ser entregues no prazo de 20 a 25 dias. Essas duas condições foram colocadas e estamos aguardando uma reposta. Pela imprensa vimos que já houve uma manifestação do ministério que haverá a incorporação da vacina. Estamos aguardando simplesmente que chegue essa ordem para que possamos disponibilizar rapidamente essas vacinas para todo o Brasil”, afirmou Dimas.