Butantan firma acordos e passa a entregar CoronaVac para Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará e Piauí
Publicado em: 23/09/2021

O Butantan anunciou, nesta quarta (22), a entrega de 2,5 milhões de doses da CoronaVac, vacina do instituto e da farmacêutica chinesa Sinovac contra a Covid-19, para cinco estados brasileiros. Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará e Piauí foram os primeiros interessados em adquirir a vacina. É a primeira vez que o instituto fornece imunizantes diretamente aos estados – até então, a produção era direcionada ao Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. 

“Temos plena capacidade para atender às necessidades do Brasil e também de boa parte dos países do mundo, principalmente os países mais necessitados”, garantiu o presidente do Butantan, Dimas Covas, em coletiva de imprensa na presença dos governadores dos cinco estados e do governador de São Paulo, João Doria. Os novos contratos são para o repasse de 1 milhão de doses ao Pará, 500 mil doses ao Mato Grosso, 500 mil doses ao Espírito Santo, 300 mil doses ao Ceará e 200 mil doses ao Piauí. O cronograma de entrega será definido diretamente com cada estado. 

 

O governador do Piauí, Wellington Dias, que representa o Fórum Nacional de Governadores nas discussões sobre a vacinação contra o SARS-Cov-2, destacou o que chamou de dia histórico. “É uma honra muito grande compartilhar esse momento com meus colegas. Somos governadores de diferentes regiões do Brasil e também de diferentes partidos, mas temos em comum um pacto para salvar vidas. É a vacina que nos tira da crise”, comemorou. 

O evento também foi festejado pelo governador do Pará, Helder Barbalho, que afirmou que a aquisição das doses vai ajudar o estado a acelerar a imunização da população. “O Pará tem cerca de 2,4 milhões de adultos que ainda não foram vacinados, e isso requer uma grande mobilização da comunidade. A vacinação é o único caminho”. 

 

De acordo com o governador do Ceará, Camilo Santana, o estado já tem quase 90% da população adulta vacinada, e a CoronaVac ajudará a imunizar o restante. “Quero parabenizar o Butantan pela sua ação nesse período de pandemia. A primeira vacina utilizada no nosso país foi a CoronaVac e isso tem sido muito importante pra salvar vidas e proteger a população brasileira, em especial a população do estado do Ceará”, disse. “Somente através da vacina vamos voltar a nossa normalidade e esse é o grande objetivo do instituto Butantan”, completa Camilo Santana.  

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, agradeceu ao Butantan e disse que as vacinas obtidas farão com que o estado avance na imunização. “Temos a garantia que vidas serão salvas e este é um trabalho importante. É um momento que nos enche de alegria porque queremos virar a página e de fato salvar todos os brasileiros”, afirmou Renato Casagrande. O Espírito Santo já recebeu 200 mil doses e deve receber outras 300 mil até o final da semana, de acordo com o governador.

Também estiveram presentes na coletiva de imprensa o secretário de saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, a coordenadora geral do Programa Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula, o coordenador do comitê científico, Paulo Menezes, e o coordenador executivo do comitê científico, João Gabbardo.