Butantan entregará ao Ministério da Saúde 180 milhões de vacinas em 2021
Publicado em: 11/02/2021

Somando a produção de 100 milhões de doses da vacina contra Covid-19 e de 80 milhões de doses da vacina contra a influenza, o Instituto Butantan terá entregue, ao longo de 2021, 180 milhões de vacinas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. O dado foi divulgado nesta quarta (10) pelo diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e pelo governador de São Paulo, João Doria, em coletiva de imprensa.

“É isso que é o Butantan, o maior produtor de vacinas do Brasil certamente, e um dos maiores do mundo”, afirmou Dimas. “É um esforço gigantesco que nós realizamos, demonstrando que o Butantan é o maior parceiro do Ministério da Saúde”, completou.

Na manhã do dia 10, chegou ao aeroporto de Guarulhos o quinto lote de matéria-prima vinda da China para a produção da CoronaVac, contendo 5,6 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA). Com esse carregamento, o Butantan é capaz de produzir mais 8,7 milhões de vacinas contra a Covid-19.

“Neste momento já temos 27,1 milhões de doses da vacina do Butantan em solo brasileiro”, resumiu o governador João Doria. “9,8 milhões de novas doses já foram entregues ao PNI e as vacinas distribuídas aos estados brasileiros. Outras 17,3 milhões de doses estão em fase final de produção no Instituto Butantan e serão entregues de maneira gradual para todo o Brasil pelo Ministério da Saúde. Isso vai acontecer a partir do dia 23 de fevereiro”, complementou.

Além da vacina contra a Covid-19, o Butantan está produzindo, desde setembro de 2020, a vacina contra a influenza (gripe). Neste momento, estão sendo fabricadas 1 milhão de doses por dia. “A partir da segunda quinzena de março, vamos liberar para o Ministério da Saúde 1,6 milhão de vacinas por dia: 1 milhão de gripe, 600 mil da Covid-19”, informou Dimas Covas.

Para completar o acordo inicial com o Ministério da Saúde, de 46 milhões de doses, são necessários mais 12 mil litros de IFA, que serão enviados em duas cargas – uma de 8 mil litros, outra de 4 mil litros. Ambos carregamentos aguardam autorização para exportação na China.