Instituto Butantan completa 120 anos com arte, selo comemorativo e eventos especiais
Publicado em: 20/02/2021

Instituto Butantan completa 120 anos com arte, selo comemorativo e eventos especiais

 

Na próxima terça-feira (23), o Butantan completa 120 anos de existência. Para celebrar este marco histórico, serão realizados vários eventos ao longo do dia na sede do Instituto. 

 

Inauguração de mosaico da artista Claudia Sperb - 9h30

O Museu de Microbiologia receberá a instalação de um mosaico da artista Claudia Sperb. A peça foi idealizada pelo biólogo Henrique Canter, pesquisador do Butantan, em conjunto com a artista, que já doou outras obras ao Instituto. O presidente da Fundação Butantan, Rui Curi, fará a inauguração do mosaico.

 

Cerimônia do selo dos Correios - 11h 

O Instituto Butantan terá seu próprio selo postal. O selo traz imagens das fachadas de duas construções icônicas do Butantan, que datam de diferentes épocas: o Edifício Vital Brazil, mais conhecido como Prédio da Biblioteca ou Prédio Central, e a Planta de Anticorpos Monoclonais (PAM), concluída no primeiro semestre de 2020. Também será emitido um carimbo comemorativo com o mesmo tema, que reproduz a logomarca do Butantan e a inscrição “120 anos”. 

O selo será lançado em uma cerimônia na qual também serão homenageados profissionais que marcaram a história do Butantan.

 

Entrega do bolo da confeitaria Carlos Bakery - 14h30

A confeitaria especializada em doces artísticos Carlos Bakery, sediada em Nova Jersey, nos Estados Unidos, e com filial em São Paulo, ofereceu um bolo especial para celebrar a trajetória do Instituto.

 

Recepção da obra do artista Kobra – 16h

O Butantan receberá a doação de uma obra idealizada pelo artista Kobra em homenagem à criação da vacina contra a Covid-19 e à atuação do Instituto no combate à pandemia. O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, receberá a obra. 

 

Orquestra Brasil Jazz Sinfônica no Memorial da América Latina - 20h

O aniversário será celebrado com um concerto da orquestra Brasil Jazz Sinfônica. Seguindo todos os protocolos de segurança, a apresentação será feita no Memorial da América Latina, com regência dos maestros Ruriá Duprat e Mauricio Galindo, e participação do cantor Renato Braz. O concerto será transmitido pelas redes sociais e canais da TV Cultura, do Memorial da América Latina e pelo canal do Butantan no Youtube.

 

Criado inicialmente como um laboratório de produção de soro para combater a peste bubônica, o Butantan foi reconhecido como uma instituição autônoma em 23 de fevereiro de 1901. Hoje, o Instituto é o principal produtor de imunobiológicos do Brasil, responsável por grande parte da produção de soros hiperimunes e vacinas que compõem o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.

 

Conheça melhor a história do Butantan:

120 anos do Butantan: com soro antidiftérico, Instituto passa a diversificar sua produção

Início do Século XX: o Butantan e o combate à epidemia de peste bubônica

Butantan: há 120 anos produzindo soros antiofídicos

Instituto Butantan faz 120 anos: Uma história a serviço da vida no Brasil e no mundo