Publicado em: 23/02/2021

Correios lança selo e carimbo comemorativo aos 120 anos do Instituto Butantan

 

Para comemorar os 120 anos do Instituto Butantan, os Correios lançaram um carimbo comemorativo e um selo postal dedicados à data. O lançamento aconteceu na manhã desta terça-feira (23/2), dia do aniversário do Butantan, no auditório do Centro de Divulgação Cultural do Instituto. Durante o evento, houve também uma homenagem a colaboradores importantes que deixaram sua marca na pesquisa, desenvolvimento e divulgação cultural.

“Nós passamos, mas as instituições permanecem. São 120 anos de uma instituição que permanece cumprindo o seu objetivo principal, fazendo tudo em prol da nossa saúde pública”, vibrou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. “O fato de nós estarmos celebrando uma possibilidade de retomada de vida normal, no meio dessa loucura que foi essa pandemia, me dá um enorme orgulho, uma enorme satisfação, de poder estar junto com vocês fazendo com que isso aconteça”, completou ele.

 

 

Dimas lembrou de grandes nomes importantes para a criação do Butantan – Vital Brazil, Adolpho Lutz e Emílio Ribas – e afirmou que o espírito que eles infundiram lá no começo, na virada do século XX, é o mesmo espírito que os colaboradores do Butantan buscam infundir agora, em outro patamar e com outras missões.

“O lançamento do selo e do carimbo dos 120 anos do Instituto Butantan é uma oportunidade para ratificarmos o reconhecimento do esforço de todos os profissionais desta casa, tanto os do passado quanto os do presente”, reforçou o gerente de Logística dos Correios da Região Metropolitana de São Paulo, José Rubens Queiroz.

 

 

O selo comemorativo traz um conjunto iconográfico formado por imagens das fachadas de duas construções emblemáticas do Butantan: o Edifício Vital Brazil, mais conhecido como Prédio da Biblioteca, e a Planta de Anticorpos Monoclonais, concluída no primeiro semestre de 2020. Já o carimbo reproduz uma ilustração com a logomarca do Instituto Butantan e a inscrição “120 anos”.

Para formalizar o lançamento, foi realizado o rito de obliteração. Nele, os seis colaboradores do Butantan homenageados foram convidados a chancelar o selo usando o carimbo comemorativo. Os selos estavam afixados em uma cartela branca chamada cartela Olho de Boi, que foi o primeiro selo postal brasileiro emitido pelos Correios em 1843.

 

 

Foram homenageados com a participação no rito de obliteração Dimas Covas; o diretor da Casa Afrânio do Amaral, Henrique Canter; o diretor técnico do Centro de Desenvolvimento Administrativo, Jorge Alamini; o diretor do Centro de Desenvolvimento Cultural e do Museu Biológico, Giuseppe Puorto; a gestora de projetos do Instituto Butantan Fan Hui Wen; e a pesquisadora científica Kozue Miiaki, que liderou o processo de transferência de tecnologia da vacina contra gripe para o Butantan. Os homenageados ganharam uma pasta contendo as marcas filatélicas.

 

 

Muito emocionado, o professor Henrique Canter leu um relato pessoal que escreveu em 2017, quando trabalhou na montagem da exposição “O Butantan de ontem e de hoje“. “O Butantan faz parte da nossa vida desde a mais tenra idade. Desde criança frequentando o Instituto, brincando e nos rejubilando com toda a riqueza que essa instituição nos dá, desenvolvendo, quando adolescente, a curiosidade científica que os museus nos proporcionam, e quando jovem profissional com a vontade de fazer a ciência única que nós temos aqui dentro”, resumiu Hui.

Agora, o carimbo será encaminhado à Agência de Correios Cidade de São Paulo, onde será usado por um mês. Depois, ele irá para a Agência de Correios Central de São Paulo, na qual permanecerá por mais um mês. Futuramente, ele será enviado para o Museu Correios, em Brasília-DF.