Estudantes de escolas municipais visitam o Lab Móvel do Butantan em Araçatuba


Publicado em: 19/10/2021

O Lab Móvel, laboratório itinerante do Instituto Butantan capaz de realizar até 600 exames diagnósticos RT-PCR por dia e fazer o sequenciamento genômico das amostras que derem positivo, está em Araçatuba, no interior de São Paulo, e recebeu, pela primeira vez, a visita de alunos e alunas do 4º e 5º ano ensino fundamental de sete escolas municipais da cidade.

“Estamos passando por um momento excepcional e precisamos mostrar a ciência em ação e valorizar o conhecimento científico”, afirmou a secretária municipal de educação de Araçatuba, Silvana de Sousa e Souza.

Cerca de 360 estudantes já visitaram o Lab Móvel, que está instalado na praça Rui Barbosa, no centro de Araçatuba, desde 8/10. Os meninos e meninas acompanharam o funcionamento do laboratório do Butantan e conversaram com técnicos do instituto para conhecer melhor o trabalho de análise da incidência do vírus SARS-CoV-2 e mapeamento das variantes. As visitas aconteceram nos dias 13 e 14 em três horários, para evitar aglomerações.

De acordo com Silvana, escolas estaduais e particulares da cidade devem ser as próximas a visitarem o Lab Móvel. O laboratório itinerante, que já passou por Aparecida, Santos e Piracicaba, fica em Araçatuba até segunda (25).

Mais treze municípios vão mandar amostras para o Lab Móvel, enquanto ele estiver em Araçatuba. São eles: Avanhandava, Andradina, Barbosa, Birigui, Buritama, Glicério, Guararapes, Ilha Solteira, Mirandópolis, Penápolis, Pereira Barreto, Suzanápolis e Valparaíso. 

 

Sobre o Lab Móvel

O laboratório itinerante do Butantan, com mais de 12 metros de comprimento e quase 3 metros de altura, tem a capacidade de processar até 3 mil amostras por semana e realizar o sequenciamento genômico de todas as que derem positivo para Covid-19. O veículo, equipado com alta tecnologia, possui três sequenciadores genéticos, extrator de DNA, centrífuga, seladora, geladeira e freezer para armazenamento de amostras, entre outros. 

No Lab Móvel, o diagnóstico dos testes por meio de RT-PCR sai em 24h, contadas a partir do momento que as amostras chegam ao contêiner, enquanto o sequenciamento leva de três a seis dias. Todo o processo, da testagem à análise das variantes, dura de dez a 12 dias. As amostras analisadas são coletadas pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) em cada município visitado, o que ajuda a estabelecer um retrato das variantes do SARS-CoV-2 presentes nas cidades do interior de São Paulo.

O projeto envolve cerca de 20 funcionários do Butantan e já soma mais de 400 horas trabalhadas, com mais de 7000 amostras testadas.

 

* Fotos gentilmente cedidas pelo fotógrafo Alex Tristante