Inquérito domiciliar vai mostrar o quadro da pandemia em Guaxupé, afirma Dimas Covas ao apresentar projeto


Publicado em: 23/08/2021

O presidente do Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta segunda (23) que o inquérito domiciliar que o instituto vai realizar no município mineiro de Guaxupé vai contribuir para mostrar o quadro local da pandemia, além de fornecer informações sobre a incidência do SARS-CoV-2, a prevalência da Covid-19 e a situação das variantes.

“O Butantan acompanha de forma geral a evolução da pandemia e olha para o Brasil”, assinalou Dimas. “Agora temos a oportunidade de estabelecer uma cooperação ampla, que pretende sediar aqui em Guaxupé estudos relacionados à incidência do vírus, ao desenrolar da pandemia, à questão das variantes”, completou.

Saiba mais: Butantan anuncia inquérito domiciliar e sequenciamento de variantes do SARS-CoV-2 em Guaxupé (MG)

Ao lado do prefeito, Dr. Heber, e da secretária de saúde do município, Daniela Bettelli Lutf, Dimas explicou que o inquérito domiciliar será feito por meio da visitação, por agentes de saúde, de 616 residências sorteadas. Os moradores serão convidados a fazer um teste rápido de antígeno que vai servir para mapear a incidência do SARS-CoV-2 na cidade. As amostras positivas serão encaminhadas à sede do Butantan, em São Paulo, para o sequenciamento genômico que vai determinar a variante do vírus. Além disso, será feito o acompanhamento epidemiológico da situação da Covid-19 no município.

“A equipe do Butantan já está recebendo dados da secretaria de saúde, e esses dados são agora acompanhados diariamente para avaliar se a pandemia aumenta, diminui, se é controlada, se precisa de alguma medida adicional. E a gente vai sempre orientando a secretaria de saúde”, afirmou o presidente do Butantan.

O estudo será realizado entre a próxima sexta (27) e o domingo (29) somente na zona urbana. A previsão é que participem da pesquisa mais de 1.000 moradores. O sorteio será feito por clusters (áreas demarcadas), respeitando a divisão por distritos de saúde característica do município.

 

Sobre a parceria

A parceria entre o Butantan e Guaxupé foi motivada por um contato feito há cerca de dois meses pelo município mineiro, que se colocou à disposição para sediar a realização de pesquisas do instituto voltadas ao enfrentamento à Covid-19.

“Nossa palavra hoje é de gratidão e esperança. Que a gente possa servir ao nosso próximo, que a gente possa trabalhar em conjunto com o Instituto Butantan e ajudar a ciência”, vibrou a secretária de saúde, Daniela Bettelli Lutf. “O Butantan está aqui para nos orientar, porque nós temos que trabalhar bastante, continuar com a máscara, lavar as mãos. Mas o mais importante é a vacina”, completou o prefeito Dr. Herbert. 

Desde o início da pandemia, Guaxupé já registrou 5924 casos positivos de Covid-19, com 148 mortes. Atualmente, há 111 pessoas com a doença no município.