ENTRE ASPAS
Nossa emoção é indescritível. A vacina contra a Covid-19 é um atestado de dedicação dos nossos funcionários e uma mensagem de otimismo ao povo brasileiro. É o Butantan a serviço da vida.
Dimas Covas
presidente do Instituto Butantan

VOCÊ SABIA?
Você sabia que é possível produzir vacinas utilizando ovos de galinhas?

Alguns imunizantes do Butantan, como a vacina contra a gripe e a ButanVac, nova vacina contra a Covid-19, utilizam ovos de galinha como base para sua produção. O que acontece é a inoculação do vírus dentro de ovos embrionados, o que permite a replicação desses micro-organismos. Depois, o vírus é inativado (morto) e purificado para dar início à fabricação. Os imunizantes feitos a partir de ovos são muito seguros. Apenas as pessoas que apresentam formas graves de alergia ao ovo não podem recebê-los.


#FAKE Tomar duas doses da CoronaVac faz com que a eficácia da vacina dobre. Comentários nas redes sociais especulam que ao se tomar as duas doses da CoronaVac sua eficácia dobra. Ao contrário desse raciocínio, a eficácia global da vacina, que é de 501,7% de acordo com os ensaios clínicos, é alcançada com a soma das duas doses. Quem toma a primeira e a segunda dose da vacina fica imunizado, enquanto quem toma só uma dose não fica protegido.


#FATO Ainda não estão sendo recrutados voluntários para o estudo clínico da ButanVac. A pesquisa clínica em humanos sobre a nova vacina do Butantan contra a Covid-19 ainda não começou. Neste momento, não há qualquer processo de inscrição aberto para participar do estudo. Além disso, esse recrutamento, quando for iniciado, será feito pelos centros de pesquisa onde o estudo vai ser realizado, e não pelo Butantan.


#FAKE Vacinação em larga escala cria variantes do novo coronavírus e agrava a pandemia. O ganhador do prêmio Nobel de medicina em 2008, Luc Montagnier, afirmou que a imunização em massa criará novas variantes e ocasionará mais mortes. Esta afirmação é falsa. Especialistas em todo o mundo explicam que, quanto mais o vírus se multiplica, maior a chance do surgimento de novas variantes. Ou seja, a única forma de evitar o aparecimento de novas cepas é controlando a pandemia com a vacinação do maior número de pessoas.


#FATO Não é necessário receber terceira dose da CoronaVac. Estudos do Projeto S, realizado pelo Butantan em Serrana, no Ceará e no Chile indicam que apenas duas doses são necessárias para imunizar a população e proteger contra o vírus Sars-CoV-2. O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, esclareceu essa dúvida em vídeo e reforçou que a vacina do Butantan é eficiente e segura para pessoas acima de 18 anos, inclusive idosos.


VÍDEOS