Doenças com Potencial Epidêmico

Alguns vírus com potencial epidêmico, como Dengue, Zika, são estudados no Instituto Butantan. Algumas doenças não são epidêmicas mas também tem sua importância dada à gravidade clínica da mesma e a demora de um diagnóstico preciso, bem como o desenvolvimento de um tratamento eficaz. Nesses dois casos para que se tenha um controle efetivo da evolução dessas infecções ou mesmo da sua erradicação, é necessário que se compreenda como o parasita interage com o hospedeiro, quais são seus alvos preferidos e como poder detectá-lo rapidamente através de testes rápidos, eficientes e baratos.

Dessa forma, as plataformas de pesquisa estabelecidas no Instituto Butantan juntamente com a expertise de seus pesquisadores visam o estudo da patogenicidade dos parasitas, a otimização dos protocolos de desenvolvimento de vacinas e a descoberta de novos candidatos vacinais buscando, assim, a produção de vacinas e diagnósticos eficazes e acessíveis dentro do compromisso de qualidade e excelência com a Saúde Pública.

Instituto Butantan e Vacinação: Pesquisa, Proteção e Educação

“Micro Macro Mundo

Micro Macro Mundo

Micro na dimensão

Macro na diversidade

Micro na superfície

Macro na profundidade.

Micro a olho nu

Macro depende, se for atrás ou na frente da lente

Com feixes de luz, desenho tua complexidade estrutural onde, na simplicidade do mundo virtual, vejo-te uni ou bidimensional.

 

Heterogeneidade de formas, organismos e cepas

Detalhes de um mundo aparentemente igual que, dependendo do ângulo, foco, objetiva ou objetivo fazem de cada micro ser, único na sua característica e grandioso na sua individualidade”

Texto: Micro Macro Mundo, Splendore, Maisa, 2018.

 

Foto: Vírus Influenza. Museu de Microbiologia,
Splendore, Maisa,
Instituto Butantan, 2018.

 

C:\Users\maisa.casa\Downloads\(MEV) E. coli + epit int (2).tif

Foto: Escherichia coli e Epitélio intestinal
Microscopia de Varredura. Abe, Cecilia, Instituto Butantan.

 

 

 

Pesquisadores

Alexandre Paulo Yague Lopes. Atua principalmente na área de  Química de Proteínas e Biologia Molecular: caracterização química e funcional de proteínas plasmáticas e recombinantes, enzimologia, purificação de proteínas, clonagem, expressão gênica de proteínas, desenvolvimento de vacinas e estudos funcionais de proteínas de sistemas toxina-antitoxina.Lattes
Adriana Rios Lopes Rocha. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em enzimologia principalmente nos seguintes temas: fisiologia molecular da digestão em Artrópodes (insetos, aranhas, escorpiões e carrapatos) com foco principal nas enzimas digestivas, inibidores de peptidases, enzimas com potencial uso biotecnológico e novas moléculas para controle de pragas.Lattes
Alessandra Soares Schanoski. Atua principalmente nos seguintes temas: vacinologia, imunologia viral (influenza e arbovírus) e modelos de coinfecção, com experiência em biologia celular, molecular e técnicas imunológicas. Lattes
Ana Lucia Tabet Oller do Nascimento. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Biologia Molecular, genoma, genoma funcional e proteômica, atuando nos seguintes temas: Leptospira, leptospirose, proteínas recombinantes, patogênese molecular, interação patógeno-hospedeiro, e vacinas. Lattes
Ângela Barbosa. Possui experiência na área de Genética e Bioquímica, e desenvolve pesquisas relacionadas ao estudo de proteínas de membrana de Leptospira interrogans envolvidas na interação patógeno-hospedeiro. Lattes
A imagem pode conter: Cecilia Abe Cecilia Mari Abe. Tem experiência na área de Microbiologia e Ultraestrutura (Microscopia Eletrônica), com ênfase em Bacteriologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Escherichia coli (EAEC, EPEC e UPEC), mecanismos de patogenicidade bacteriana, virulência bacteriana, interação patógeno-hospedeiro.Lattes
Eliana Faquim de Lima Mauro. Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunologia Celular, atuando principalmente nos seguintes temas: imunologia celular, citocinas, anafilaxia, imunossupressão e anticorpos. Atualmentedesenvolve projetos que envolvem patógenos causadores de ascaridíase. Lattes
Eliana Nakano. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em esquistossomose e em Ecotoxicologia. Lattes

Eliane Miyaji. Tem experiência na área de desenvolvimento de vacinas, atuando principalmente nos seguintes temas: Streptococcus pneumoniae e adjuvantes.Lattes

 

http://servicosweb.cnpq.br/wspessoa/servletrecuperafoto?tipo=1&id=K4703456U1 Eneas de Carvalho. Tem experiência na área de Bioinformática, Biotecnologia, Microbiologia, Biologia Molecular, Genética e Evolução. Lattes

Fernando Luiz Kamitani.Tem experiência e atua na área de Parasitologia e Microbiologia, com ênfase em Biologia Molecular.Lattes

Giovana Barazzone. Trabalha no desenvolvimento de vacinas conjugadas, modificação química de moléculas com interesse biotecnológico e purificação de proteínas. Lattes

Isabel Maria Vicente Guedes de Carvalho Mello. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Virologia, atuando principalmente nas seguintes áreas: estudos em filogenia, epidemiologia molecular, diversidade genética, evolução e resistência genotípica correlacionando com evolução clinica. Possui pesquisas que focam o estudo da diversidade genética de vírus causadores de Hepatites Vírais (HCV) e transmissão vertical natural de Flavivírus em  Aedes aegypti e Aedes albopictus.Lattes

Josefa Bezerra da Silva. Atualmente estuda os mecanismos de infecção na leptospirose e interação com o hospedeiro. Lattes
Julia Pinheiro Cunha. Tem experiência nos seguintes temas: proteômica, ciclo celular, dano ao DNA, tumores, expressão gênica diferencial, splicing, cromatina e histonas, estudando as alterações proteômicas e epigenéticas em T.cruzi. Lattes
Lincoln Suesdek.Tem experiência na área de estudos evolutivos populacionais de insetos que empregam métodos como: Biologia Molecular, Genética populacional, Citogenética Molecular, Taxonomia Morfológica e Morfometria Geométrica.Lattes
Luciana Cezar de Cerqueira Leite. Tem experiência na área de Biotecnologia Molecular, com ênfase em Desenvolvimento de Vacinas, atuando principalmente nos seguintes temas: BCG recombinante, pertussis, pneumococo, tuberculose e shistosoma. Lattes
Resultado de imagem para Marcia Regina Franzolin Marcia Regina Franzolin. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Bacteriologia, atuando principalmente nos seguintes temas: diagnóstico microbiológico, perfil de sensibilidade/resistência a antimicrobianos, ensaios de atividade antimicrobiana de diferentes compostos, caracterização molecular bacteriana, fatores de virulência de Escherichia coli diarreiogênicas e epidemiologia molecular, formação de biofilmes por amostras bacterianas. Lattes
Maria Carolina Quartim Barbosa Elias Sabagga. Atua principalmente nas bases moleculares e celulares da replicação e reparo do DNA nuclear de tripanossomatideos (T.cruzi e Leishmania). Lattes
Maria Leonor Sarno de Oliveira. Tem experiência na área de Bioquímica (com ênfase em Biologia Molecular) e Microbiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: vacinas de mucosas, Bactérias lácticas, produção de proteínas recombinantes em E. coli, Streptococcus pneumoniae, Escherichia coli Enteropatogênica e Bordetella pertussis.Lattes
C:\Users\maisa.casa\Desktop\(1) Marta Oliveira Domingos_files\14192523_1593528657610245_7952446258670542219_n.jpg Marta de Oliveira Domingos. Tem experiência nas áreas de microbiologia e Imunologia, atuando principalmente nos seguintes temas: adjuvantes, vacinas orais e conjugadas contra patógenos entéricos e probióticos.Lattes
  Martha Harumi Sonobe. Tem experiência abrange as áreas de Bioquímica, Microbiologia e Biologia Molecular, com atuação principalmente nos seguintes temas: análise proteômica de E.coli (EPEC) e desenvolvimento de controles de qualidade para processos de produção de anatoxina tetânica.Lattes
Milene Silva Tino. Tem experiência na área de Imunologia e Microbiologia, com ênfase em mecanismo de resistência à infecções, controle genético da resposta imune e características associadas. Atua também no desenvolvimento de novas vacinas e novos adjuvantes.Lattes
Monamaris Marques Borges Atua em projetos associados a mecanismos imunes envolvidos no controle de infecções e na investigação de compostos com potencial atividade imunomoduladora que possam auxiliar no controle de infecções. Tem experiência em imunologia de infecções: Trypanosoma cruzi, Leishmania, Toxoplasmose, Bordetellas sp e E. coli. Lattes
Patricia Antonia Estima Abreu de Aniz. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Biologia Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: Leptospirose, Leptospira, Lipoproteínas, Expressão Heteróloga de Proteínas, Desenvolvimento de Vacinas Recombinantes e Métodos Diagnósticos e Vacina contra Leptospirose. Lattes

Pedro Ismael da Silva Junior. Atua principalmente nos seguintes temas: peptídeos biologicamente ativos presentes na hemolinfa e toxinas de aracnídeos (peptídeos antimicrobianos principalmente).Lattes

 

Rita de Cássia Ruiz. Tem experiência nas seguintes linhas de pesquisa  i) Interação de Escherichia coli enteropatogênica com fagócitos profissionais ii) Expressão de toxinas autotransportadoras em Escherichia coli enteropatogênica iii) interação de nanopartículas superparamagnéticas em diferentes linhagens celulares. Tem experiência nas áreas de Biologia Celular, Biologia Molecular e Imunologia relacionadas a interação patógeno-célula hospedeira tendo utilizado como modelos os seguintes patógenos: Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Coxiella burnetti, Listeria e Escherichia coli enteropatogênica. Lattes
Ronaldo Zucatelli Mendonça. Tem experiência na área de Bioquímica atuando principalmente na busca de compostos anti-virais.Lattes

Roxane Maria Fontes Piazza. Tem experiência na área de   Microbiologia, com ênfase em Patogenicidade e Diagnóstico bacteriano, tendo como linha principal de pesquisa a produção de anticorpos policlonais, monoclonais e recombinantes contra fatores de virulência de Escherichia coli diarreiogênica e desenvolvimento de métodos imunossorológicos para o diagnóstico de patógenos emergentes.Lattes

 

Sergio Verjovski Almeida. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Biologia Molecular, atuando principalmente na expressão gênica em larga escala em Schistosoma mansoni, usando microarrays e RNA-seq. Lattes
Simone Guedes Calderano. Tem experiência em biologia celular e molecular e trabalha com replicação de Trypanosoma cruzi. Lattes
Waldely de Oliveira Dias. Trabalha no desenvolvimento de novas vacinas pertussis, de uma nova vacina pneumocócica celular e de um kit para diagnóstico rápido de pneumococcos.Lattes
Waldir Pereira Elias Junior. Tem experiência na área de bacteriologia médica humana, atuando principalmente nos seguintes temas: mecanismos de patogenicidade e fatores de virulência de Escherichia coli causadoras de diarreia. Lattes