Santos é 2ª cidade a receber laboratório itinerante do Butantan para diagnóstico e sequenciamento genômico do SARS-CoV-2


Publicado em: 26/08/2021

A próxima parada do projeto Lab Móvel, laboratório itinerante do Instituto Butantan capaz de realizar até 500 exames diagnósticos diários de Covid-19 e o sequenciamento genômico das amostras positivas para o vírus SARS-CoV-2, vai ser Santos O contêiner desembarcará na cidade do litoral paulista nesta segunda (30).

O laboratório fará testes de RT-PCR e poderá mostrar quais são as variantes presentes no município. “A variante delta está presente em boa parte do território paulista e em Santos já foi identificada, portanto, é importante que a gente saiba quais os percentuais dos casos positivo, isso permite ao município tomar as medidas na pandemia”, explicou o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, nesta quinta (26), ao divulgar a iniciativa.

 

O veículo, com mais de 12 metros de comprimento e quase três metros de altura, atua em apoio ao sistema de saúde local. “O laboratório é autônomo. Recebendo as amostras identificadas, o laboratório começa a processar tudo o mais rápido possível. Na próxima semana, já teremos os números relacionados às variantes que circulam por Santos”, comentou Dimas. O resultado das análises feitas dentro do Lab Móvel sai em até 24 horas e o sequenciamento genômico das amostras positivas é divulgado em três a seis dias. 

“Santos é uma cidade portuária. Vale lembrar que no século 19, quando a peste bubônica entrou pelo porto, gerou uma epidemia. Aeroportos e portos marítimos são entradas de vírus, tanto da Covid-19, quanto de outros vírus. Tem que ter a vigilância epidemiológica porque é nesses locais que começa a disseminação dos novos vírus no país. Santos está nessa posição. A genotipagem disponível vai ajudar nessa vigilância”, salientou o presidente do instituto.

Dimas Covas também disse que, dependendo dos resultados obtidos na cidade, o Lab Móvel poderá ser usado em outras cidades vizinhas, para que os municípios enviem as amostras ao Butantan. 

A chegada do Lab Móvel a Santos acontece três semanas após a estadia do laboratório itinerante no município de Aparecida. O projeto, que envolveu 20 funcionários do Butantan e somou mais de 600 horas trabalhadas, resultou em mais de 1000 amostras testadas no período.