Na China, Butantan assina acordo de colaboração para desenvolvimento de vacina contra rotavírus

Em passagem por Wuhan, na província de Hubei, na China, na última quinta-feira (08), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, acompanhado da equipe de Novos Negócios da instituição, assinou uma carta de intenções tripartite com a empresa chinesa BravoVax e a norte-americana Exxell BIO para o desenvolvimento de uma vacina pentavalente contra rotavírus. O documento define as bases de um desenvolvimento conjunto do imunizante a partir dos dados gerados na fase I, já concluída pelo Butantan, a partir da vacina original licenciada pela agência federal de saúde americana NIH (National Institutes of Health).

“A China é um país de dimensões extremas e tem enfrentado problemas com o fornecimento de vacinas. É um grande prazer para o Butantan colaborar com sua expertise no desenvolvimento desta, que é uma vacina bastante importante para o povo chinês”, afirmou Dimas.

O acordo faz parte da missão especial ao país asiático promovida pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (InvestSP), que também levou representantes de diversas empresas sediadas no estado com o objetivo de estabelecer parcerias com companhias locais.

 

Escritório do governo estadual em Xangai

Na última sexta-feira (09), o governador João Doria inaugurou um escritório comercial de São Paulo em Xangai, o primeiro da InvestSP no exterior, com o objetivo de fortalecer e ampliar as relações econômicas com a China, além de detectar oportunidades de novos investimentos.

Além de Dimas, o diretor-presidente da Fundação Butantan, Rui Curi, o diretor de Estratégias Institucionais, Raul Machado, e a assistente de planejamento Cintia Retz prestigiaram o evento e cumprimentaram o governador.

 

(Por Luana Paiva)