Em cinco dias, Butantan envia 4,5 milhões de vacinas; montante é superior às entregas totais dos demais fabricantes


Publicado em: 10/03/2021

Nesta quarta (10), um novo lote contendo 1,2 milhão de doses da vacina do Butantan contra a Covid-19 foi encaminhado ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. Com este carregamento, o Instituto já enviou ao governo um total de 17,3 milhões de doses da vacina.

Desde 17 de janeiro, quando foi enviado o primeiro lote da CoronaVac ao PNI, o número de vacinas entregues foi de 8,7 milhões em janeiro; 4,8 milhões em fevereiro; e 3,8 milhões até 10 de março.  

Na próxima segunda (15), mais 3,3 milhões de doses serão encaminhadas ao Ministério da Saúde para posteriormente serem enviadas aos estados e distribuídas à população. “Em cinco dias, vamos entregar 4,5 milhão de doses, que é superior ao montante de vacinas que o Brasil recebeu de outras fontes”, afirmou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, em entrevista coletiva ao lado do governador de São Paulo, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes.

Até o final de março, o Butantan terá entregue 22,7 milhões de doses da vacina contra a Covid-19. A expectativa é finalizar o primeiro contrato assinado entre Butantan e Ministério de Saúde, para a fabricação de 46 milhões de doses, até 30 de abril. O segundo contrato, para a produção de 54 milhões de doses, será cumprido até o final de agosto – um mês antes do previsto.

O Ministério da Saúde já encomendou ao Butantan outras 30 milhões de doses. Além disso, o estado de São Paulo encomendou mais 20 milhões de doses.

 

Entregas da Vacina do Butantan ao Ministério da Saúde:

17/1 – 6 milhões

22/1 – 900 mil

29/1 – 1,8 milhão

5/2 – 1,1 milhão

23/2 – 1,2 milhão

24/2 – 900 mil

25/2 – 453 mil

26/2 – 600 mil

28/2 – 600 mil

3/3 – 900 mil

8/3 – 1,7 milhão

10/3 – 1,2 milhão