CoronaVac tem um bom perfil de segurança para população acima de três anos e para terceira dose de vacinação homóloga, diz especialista em farmacovigilância

.


Publicado em: 09/12/2021

Estudos clínicos feitos na China e análises de segurança do mundo real, após a imunização de mais de 120 milhões de crianças acima de três anos, mostram que a CoronaVac é segura e eficaz para esse público, com efeitos adversos raros e leves. Além disso, a dose de reforço, que já foi aplicada em 23 milhões de pessoas, também apresentou um bom perfil de segurança e eficácia. Foi o que destacou nesta quinta (9) a gerente de farmacovigilância da Sinovac, Jiayi Wang, no último dia do CoronaVac Symposium.

Segundo a pesquisadora, no caso das crianças, os principais efeitos adversos foram leves, como dor, inchaço no local da injeção e febre, e apenas 2% dos imunizados apresentaram reações mais sérias. Destes, mais de 80% se recuperaram rapidamente. “Eventos adversos graves com a aplicação da CoronaVac são ainda mais raros do que em outras vacinas convencionais de vírus inativado usadas na China, como hepatite A, B e gripe”, reforça.

 

Já entre os mais de 20 milhões de indivíduos que receberam a dose de reforço na China, foram reportados efeitos adversos em mil pessoas, sendo apenas 0,4% de reações sérias. Mais de 90% estão recuperados ou em recuperação com bom prognóstico. Os principais sintomas relatados foram dor e inchaço no local da injeção. “A proporção de eventos adversos sérios da terceira dose em outras vacinas, como de RNA mensageiro e adenovírus, foi maior do que a observada na CoronaVac”, diz Jiayi.

Ela afirma que evidências de sistemas de monitoramento em diversos países já mostraram eventos de miopericardite e trombose em adolescentes após vacinas de RNA mensageiro. “No caso da CoronaVac, com mais de 2,1 bilhões de doses aplicadas no mundo todo, não foi identificado nenhum risco de miopericardite ou eventos trombóticos até o momento, de acordo com os nossos bancos de dados de farmacovigilância. A Sinovac continuará monitorando os imunizados a todo o tempo”.

 

Consulte a programação do terceiro dia do CoronaVac Symposium

Inscreva-se e participe

Saiba mais sobre o evento