Colaboradores do IB criam jogo que permite conhecer a instituição de forma descontraída

Profissionais das áreas de pesquisa e do cultural do Instituto Butantan desenvolveram o jogo de baralho infantojuvenil “Quarteto do Butantan”. Nele, os jogadores podem aprender sobre o trabalho realizado pela instituição de forma lúdica e divertida.

O jogo é formado por 60 cartas e reúne 15 temas de diferentes áreas de atuação do Butantan, como pesquisa, animais, cientistas, vacinas, vírus, entre outras. A brincadeira como objetivo formar um grupo de quatro cartas pertencentes ao mesmo tema, isto é, um quarteto. Cada carta, além de uma foto e breves curiosidades, possui um QR Code, que, por meio de aplicativo instalado no celular gratuitamente, direciona o jogador a um site do IB com informações adicionais sobre o tema.

Segundo o pesquisador e idealizador do jogo, Henrique Moisés Canter, o objetivo principal é despertar a curiosidade dos jogadores sobre os aspectos da instituição de modo lúdico. “O jogo deve ser encarado como um passatempo, é bastante colorido, há imagens e ao mesmo tempo é didático, com o QRcode, os jogadores podem se aprofundar mais em cada área do Butantan”, diz Canter.

Além disso, o Quarteto do Butantan é uma forma de divulgar o trabalho realizado pela instituição. A diretora do Museu de Microbiologia e coordenadora do projeto, Glaucia Colli Inglez, acredita que o jogo leva a população, de forma divertida, o tripé que move o IB, “ao mesmo tempo que é um jogo, uma brincadeira, as pessoas podem conhecer melhor o tripé que move o Instituto, ou seja, pesquisa, produção e cultural”, diz.

O jogo custa R$ 10,00 e já está disponível na lojinha do Instituto, localizada no Paiol.

(por Fernanda Ribeiro)