Butantan recebe mais 3 mil litros de IFA para retomar produção da CoronaVac


Publicado em: 25/05/2021

Chegou a São Paulo no final da tarde desta terça (25) um novo lote contendo 3 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), matéria-prima necessária para a fabricação da CoronaVac, vacina do Butantan contra a Covid-19 desenvolvida em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. A previsão é que as 5 milhões de doses que serão produzidas a partir deste carregamento sejam entregues a partir de junho ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.

A carga partiu de Pequim, na China, às 15h da segunda (24) e fez escala em Amsterdã, na Holanda, antes de chegar ao Brasil. Estiveram no Aeroporto de Guarulhos para receber o IFA o governador de São Paulo, João Doria, o secretário de estado da saúde, Jean Gorinchteyn, o diretor-presidente da Fundação Butantan, Rui Curi, e o superintendente da Fundação, Reinaldo Noboru Sato.

A partir de agora, a matéria-prima vai passar por envase, rotulagem, embalagem e um rígido processo controle de qualidade para poder finalmente ser enviada aos estados e municípios, em um processo que leva de 15 a 20 dias.

Desde janeiro, o Instituto Butantan já encaminhou ao governo federal 47,2 milhões de doses da CoronaVac. O número corresponde à finalização do primeiro contrato firmado com o Ministério da Saúde, para o fornecimento de 46 milhões de doses, e a uma parte do segundo contrato, que prevê a entrega de 54 milhões de doses.