Aplicação da segunda dose do Grupo Amarelo do Projeto S começa nesta quarta (24)


Publicado em: 24/03/2021

Começa nesta quarta (24) a aplicação da segunda dose da vacina do Butantan contra a Covid-19 no Grupo Amarelo, segunda região de Serrana a receber a imunização como parte do Projeto S. Nessa área, receberam a primeira dose e devem procurar os postos de vacinação até domingo (28) 6.703 pessoas, 94,8% do total de voluntários cadastrados para participar do estudo clínico.

Na vacinação do Grupo Verde, o primeiro a receber a segunda dose, entre 17 e 21/3, 6.350 participantes receberam a vacina do Butantan. Esse número representa 89,8% dos habitantes cadastrados na área verde (7.071 moradores), sendo que 6.762 deles haviam recebido a primeira dose.

Segundo Gustavo Volpe, um dos coordenadores médicos do Projeto S, uma adesão de 80% da população de cada um dos quatro grupos já é um bom indicador de que é possível chegar à imunização coletiva na cidade.

O horário de vacinação é das 14h às 20h30 de quarta a sexta, e das 8h às 15h30 aos sábados e domingos. Para receber a segunda dose, os moradores de Serrana devem procurar a mesma escola em que tomaram a primeira dose. São oito pontos de vacinação: as EEs Jardim das Rosas, Neuza Maria do Bem e Deputado José Costa, e as EMEFs Professora Maria Celina Walter de Assis, Paulo Sérgio Gualtieri Betarello, Edesio Monteiro de Oliveira, Jardim Pedro I e Professora Dilce Jorge Gonçalves Netto França.

Os participantes devem seguir a cor da semana em que receberam a primeira dose, mesmo que ela seja diferente da cor do cadastro inicial. Ou seja, se uma pessoa foi cadastrada no Grupo Verde, mas tomou a vacina no período indicado para o Grupo Amarelo, deve tomar a segunda dose nesta semana, que é dedicada ao Grupo Amarelo. Isso garante que o intervalo entre a primeira e a segunda dose seja o ideal para gerar a melhor resposta imune.

O Projeto S é um estudo clínico que está sendo conduzido pelo Butantan em Serrana para monitorar de perto as consequências da vacinação em relação à transmissão da Covid-19 e à capacidade da vacina reduzir o contágio. Para isso, os moradores voluntários foram cadastrados, estão sendo vacinados e serão acompanhados por mais de um ano pelas equipes do Instituto Butantan, do Hospital Estadual de Serrana e outras instituições parceiras. A partir desse acompanhamento, será possível entender, além do impacto da vacinação sobre a doença e sua transmissão, outros aspectos, como a redução na ocupação de leitos hospitalares, a adesão das pessoas à vacinação, a ocorrência de reações adversas e impactos indiretos na economia.

 

Entenda o que é o Projeto S

Acesse o site (projeto-s.butantan.gov.br)

Siga no Instagram (@projetoserrana)

Ouça o podcast no Spotify

Assista ao documentário no Youtube


Saiba mais:

Para população de Serrana, participar do estudo realizado pelo Projeto S é “privilégio”

Projeto S vai entrar na história da saúde pública, diz Dimas Covas

Primeira semana do novo ciclo de vacinação em Serrana tem quase 90% de adesão

Aplicação da segunda dose em Serrana tem alta procura da população e homenagem à equipe do Butantan

Projeto Serrana entra em nova etapa com início da aplicação da segunda dose da vacina

Terceiro episódio do documentário sobre o Projeto Serrana já está no ar